Saber o que está acontecendo com a sua empresa pode parecer uma tarefa complicada, mas quando você utiliza ferramentas de gestão, você consegue perceber que ter o controle sobre os lançamentos do seu negócio não é tão difícil assim.

E uma dessas ferramentas de gestão é o Fluxo de Caixa.
Mas afinal, o que é fluxo de caixa?

Em termos gerais, o fluxo de caixa é uma projeção da sua situação financeira.

Quando você adiciona suas vendas e despesas no Qipu, é possível entender quais "caminhos financeiros" a sua empresa está tomando. 

Como o fluxo de caixa é gerado?

No Qipu, o fluxo de caixa é composto por 6 dados distintos: Saldo Inicial, Saldo em Caixa, Saldo em Contas Corrente, Entradas, Saídas e Saldo.  Sendo que o "Saldo Inicial" é o primeiro dado que deve ser informado. 

Saldo Inicial - Este é o seu ponto de partida. O Qipu considera que o valor colocado aqui é a quantia que sua empresa possui na data estipulada. Desta forma, se você for começar a registrar o seu fluxo de caixa, você deve colocar como saldo inicial a quantia que a sua empresa possui hoje. 

O saldo inicial é obtido através da soma dos valores de caixa e conta corrente.

Saldo em Caixa -  
O saldo em caixa representa o dinheiro que você possui em mãos. 

Saldo em Contas Corrente - O saldo em conta corrente representa o dinheiro que você possui no banco. 

Entradas -  Os valores de entrada são as vendas que você lança dia a dia no Qipu. Por isso é importante manter os lançamentos sempre atualizados.

Saídas - Os valores de saída representam as suas despesas, ou seja, tudo o que você lançou no Qipu e que será debitado.

Saldo - Tenha em mente que o seu saldo representa o valor que você possui no final do dia, depois que suas entradas e saídas foram lançadas.

Encontrou sua resposta?